Cerimônia do Vinho! Saiba como fazer

A Cerimônia do Vinho é uma opção romântica e fácil de fazer em cerimônias de casamento.

Essa bebida através dos séculos tem sido parte da tradição que celebra o vínculo conjugal.

No Judaísmo, o vinho tem um papel muito importante e acompanha não apenas os rituais de casamento, mas também a Páscoa judaica, as cerimônias de circuncisão, os funerais, o início do Sabbath e várias outras ocasiões consideradas sagradas.

No Cristianismo, a bíblia relata que o primeiro do milagre de Jesus foi a mudança da água em vinho, justamente durante uma celebração de casamento.

Já nas celebrações de casamento sob o rito do catolicismo ortodoxo, os noivos são convidados a beber três goles de vinho para simbolar a santíssima trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.

O simbologia do vinho é tão ampla e positiva, que um ritual com esse elemento pode ser incluído nas celebrações de casamento de diversas formas e para realizar diferentes propósitos. Aqui vou dar apenas alguns exemplos:

No início de uma cerimônia

Incluir o vinho já começo da cerimônia pode ser uma ótima forma de simbolizar a benção dos pais para a criação de uma nova família, representada pela união dos seus filhos. Nesse contexto, fica muito bonito convidar os genitores do casal para brindarem com o vinho diante do altar e assim selarem o pacto de suas famílias. Esse brinde também pode ser feito com água!

Da metade para o final da cerimônia

Sendo introduzida da metade para o final, a cerimônia do vinho pode simbolizar a decisão dos noivos de unirem suas características individuais para criarem a identidade do casal.

Nessa linha, minha sugestão é que seja usada uma taça de vinho branco e outra de tinto de forma a evidenciar as diferenças e também forças naturais que cada um possui. Em seguida, os noivos despejam o seu vinho num recipiente único que formará uma cor suave, representando assim a beleza da união deles como um casal. Esse recipiente poderá ser levado para casa e servirá de recordação do dia do casamento.

Uma outra variação desse ritual é usar uma taça de vinho doce e outra de vinho seco e pedir para que os noivos experimentem cada vinho separadamente e depois juntos. Essa é uma boa forma de demonstrar que numa relação matrimonial é natural haver períodos de alegria e tristeza, de ganhos e perdas, de saúde e doença, mas quando o casal aprende a agir como uma equipe, nem os tempos açucarados enjoam e nem os amargos são insuportáveis.

Cerimônia das Cartas de Amor com Vinho – Lilian Costa Celebrante

Associando o vinho a outros rituais

O vinho também é muito bem-vindo para completar a Cerimônia das Cartas de Amor.

Nesse ritual, uma garrafa de vinho é cuidadosamente trancada em uma caixa, juntamente com duas cartas de amor escritas de um par para o outro. O casal então combina uma data futura para lerem essas declarações de amor e brindarem sua união com o vinho que foi guardado por eles.

Bacana, não? Sou suspeita! Acho linda essa cerimônia. Um brinde ao amor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s